32 Milhões de euros para modernização de empresa da região

(Publicado em: 22 Maio, 2019)

A Sumol+Compal vai investir 65 milhões de euros na modernização e inovação da empresa, até 2021.

Metade deste valor, cerca de 32 milhões de euros, é destinado à unidade de Almeirim.

Em Almeirim, será feita uma reconfiguração, ampliação e automatização das instalações de armazenagem e uma renovação das linhas de enchimento.

Este projeto de investimento procura “duplicar a capacidade de armazenagem e de expedição, reduzir os stocks totais de produtos acabados nas operações em Portugal e eliminar duplos transportes, reduzindo a pegada de CO2 em cerca de 250 toneladas por ano”, conforme explicou a empresa.

A Compal irá também lançar novas embalagens, mais amigas do ambiente, em colaboração com a multinacional de embalagens Tetra Pak.

A marca será a primeira a nível mundial a testar uma nova geração de equipamentos e de embalagens, mais funcionais, ergonómicas e leves.

Estas novidades foram apresentadas durante a visita do Primeiro-Ministro, António Costa, e do Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, às instalações de Almeirim, na última sexta-feira, dia 17 de maio.

Para além da aposta na modernização, a empresa tem vindo a dar passos largos no seu processo de internacionalização, exportando habitualmente para cerca de 70 países.

A Sumol+Compal detém operações locais de produção em Angola e Moçambique e iniciou, recentemente, operações em regime de franquia no Gabão e nos Camarões.

O volume de negócios nos mercados internacionais ultrapassou os 83 milhões de euros no ano de 2018, cerca de 25% do volume de negócios total.

A empresa emprega, atualmente, cerca de 1600 pessoas, 1200 em Portugal, prevendo-se um aumento deste número nos próximos anos.