Em 2016 ementas de dieta mediterrânica nas escolas de Salvaterra de Magos

(Publicado em: 14 Outubro, 2016)

Cerca de duas centenas de pais e encarregados de educação participaram, em 2015, no projeto “Refeitório Aberto”, dinamizado pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

A autarquia lançou o projeto em fevereiro do ano passado com o objetivo de sensibilizar os pais/encarregados de educação para a necessidade de adoção de boas práticas alimentares, em particular na infância.

Em 2016 ementas de dieta mediterrânica nas escolas de Salvaterra de Magos

O município de Salvaterra de Magos aderiu ao “Program for Eliminating Dietary Inequality in Schools”, um projeto de intervenção comunitária que tem como finalidade contribuir para a redução das desigualdades nutricionais em meio escolar, através da promoção da Dieta Mediterrânica, com melhorias do estado de saúde das pessoas que dele beneficiarem.

Entre as alterações alimentares previstas estão um maior consumo de alimentos de origem vegetal, de produtos frescos e de peixe, utilização do azeite como principal gordura para cozinhar ou temperar alimentos e consumo de água como bebida de eleição, entre outros.

Helena Neves, vereadora da educação na autarquia de Salvaterra de Magos, explica que “nas escolas já começámos a introduzir pequenas alterações, mas que têm uma missão muito importante: promover as boas práticas alimentares com base na dieta mediterrânica”.

Ao mesmo tempo, a intenção é sensibilizar os pais para que também sigam estas práticas.

“O que o projeto implica é uma mudança de hábitos alimentares e impõe alterações também em casa”, concluiu.

O projeto tem como população-alvo a comunidade educativa dos Agrupamentos de Escolas do concelho de Salvaterra de Magos e engloba a caraterização da oferta alimentar e a avaliação dos refeitórios.

O programa contou com financiamento do EEA Grants – Programa Iniciativas em Saúde Pública, do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu.