Em Azambuja eleitos com pelouros distribuídos em reunião

(Publicado em: 28 Outubro, 2017)

O novo Executivo Municipal de Azambuja, investido na cerimónia do passado dia 17 de outubro, já se encontra em plenas funções tendo realizado a primeira sessão ordinária na última 3ªfeira, 24.

Na sequência da deliberação que delegou no presidente – de acordo com a legislação em vigor – um conjunto de competências da Câmara, algumas delas foram agora sub-delegadas nos vereadores com vista a uma gestão mais eficaz do município. Refira-se que, ao abrigo da lei, estão designados três vereadores em regime de tempo inteiro que, em conjunto com o Presidente, ficam responsáveis pelas diversas áreas da atividade da autarquia.

A composição do Executivo Municipal de Azambuja 2017/2021 é a seguinte:

Luís Manuel Abreu de Sousa (PS) – Presidente

Urbanismo e Ordenamento do Território; Fiscalização e Contraordenações; Finanças; Organização e Modernização Administrativa; Relações Externas; Proteção Civil Municipal; Projetos e Empreitadas; Juntas de Freguesia.

Sílvia Margarida Narciso Vítor (PS) – Vereadora

Educação; Intervenção Social (incluindo Habitação Social); Saúde; Emprego; Juventude e Ocupação dos Tempos Livres; Desporto; Recursos Humanos.

 Silvino José da Silva Lúcio (PS) – Vereador

Água e Saneamento; Resíduos Sólidos e Reciclagem; Ambiente, Parques e Jardins; Iluminação Pública; Mercados e Feiras; Cemitérios; Controlo da População Animal e Profilaxia; Obras por Administração Direta; Transportes e Oficinas; Sinalização e Trânsito; Segurança.

 António José Mateus de Matos (PS) – Vereador

Cultura; Património Cultural; Turismo; Coletividades; Fundos Comunitários e Desenvolvimento Económico; Património; Poluição Sonora e Atmosférica; Reabilitação Urbana; Promoção e Desenvolvimento.

 Compõem, ainda, este órgão, mas sem pelouros atribuídos, os vereadores Rui Pedro Figueiredo Corça (PSD), Maria João Martins Canilho de Sousa (PSD) e David José Pinto Mendes (CDU).