Exportações cresceram 32% no distrito de Santarém

(Publicado em: 27 Março, 2019)

As exportações do distrito de Santarém cresceram 32%, entre 2011 e 2017.

As exportações passaram de 1.176 milhões de euros, em 2011, para 1.552 milhões, em 2017.

Estes valores foram adiantados pelo Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, António Campos, durante o Dia Aberto à Internacionalização, que se realizou na passada quinta-feira, dia 21 de março, na Startup de Santarém.

Para o Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, “para exportar não é preciso ser uma grande empresa, mas sim ter o produto ou o serviço adequado e alguém que apoie o processo”.

Para António Campos, encontros de negócios como o NERSANT Business, que se realiza anualmente desde 2012, são muito importantes para estimular a internacionalização das empresas. “As empresas que participaram no NERSANT Business em 2013 tinham resultados negativos aquando do evento. Três anos depois, verificámos que já apresentaram resultados positivos e aumentaram o número de trabalhadores entre 20 a 30%”, disse.

António Campos afirmou ainda que “o ano de 2019 vai ser o mais forte dos últimos 5 ou 6 anos no que diz respeito ao apoio à internacionalização da NERSANT” e que “o objetivo é que a região cresça mais do que a média nacional”.

Com os olhos postos neste crescimento, estão previstas ações de promoção no exterior, com a presença nos mercados dos Estados Unidos da América, Canadá, Bélgica, França, Emirados Árabes Unidos, Brasil, Macau, Eslováquia e Uruguai; missões empresariais a Marrocos, França, Canadá, Cabo Verde, Gana, Costa do Marfim, Moçambique e Vietname; receção de importadores da Argélia, Azerbaijão, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos da América, Panamá, Perú, República Dominicana, Taiwan, Ucrânia e Vietname e a organização de eventos internacionais na região, como o NERSANT Business e o Ribatejo Investment Summit.