Greve dos Enfermeiros no distrito de Santarém

(Publicado em: 13 Outubro, 2016)

Realiza-se hoje e amanhã, a greve nacional de enfermeiros convocada pelo SEP.

Uma greve que tem tido por todo o país uma adesão bastante significativa e que segundo o SEP no distrito de Santarém regista adesões na ordem dos 85% no Hospital Distrital de Santarém, de 86% no Hospital de Torres Novas e de 71% no Hospital de Tomar.

A greve, agora, realizada pelos enfermeiros visa, reivindicar a reposição do horário das 35 horas semanais, a contratação de mais funcionários para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e o pagamento de todo o trabalho suplementar realizado por enfermeiros.

Desta forma, a greve é de única e exclusiva responsabilidade do governo e do Ministério da Saúde que ao contrário do que vêm a anunciar, optam por protelar a degradação do SNS e por se aproveitarem do profissionalismo dos enfermeiros.

Em comunicado a USS/CGTP-IN “saúda os enfermeiros em greve pela sua determinação em melhorarem as suas condições de trabalho e por um SNS capaz e competente, relembrando que o empenho e perseverança dos enfermeiros já levou a que no distrito de Santarém conseguissem obter vitórias como a contratação de mais profissionais de enfermagem para os Hospitais de Santarém e do Centro Hospitalar do Médio Tejo”.