Homem que disparou sobre o genro nas Abitureiras obrigado a mudar de casa

O homem de 81 anos que disparou contra o seu genro de 50 anos, ferindo-o na cara, na quarta-feira, 12 de Julho, na freguesia das Abitureiras, concelho de Santarém, vai aguardar julgamento numa residência de outra freguesia do concelho de Santarém, não podendo contactar a vítima.

Segundo o Ministério Público da Comarca de Santarém, “o arguido é suspeito de, na sequência de desavenças por causa de heranças e partilhas, ter disparado contra o genro, com uma espingarda caçadeira”. Este foi presente a um primeiro interrogatório judicial, indiciado pelo crime de homicídio simples na forma tentada, na sexta-feira, 14 de Julho.

O Ministério Público entendeu não solicitar a detenção do arguido em estabelecimento prisional, apesar de se encontrarem verificados os perigos de continuação da atividade criminosa e de alteração da ordem e tranquilidade públicas. Isto acontece pelo facto do arguido ter 81 anos e tendo em conta que se trata de uma pessoa doente, com necessidade de observação médica frequente. No entanto, este está obrigado a apresentações semanais no posto da GNR da sua nova residência.

A vítima de 50 anos não corre perigo de vida, tendo sido transportada para o Hospital de Santarém.

Segundo a Rede Regional, o autor dos disparos é Manuel Duarte, ex-presidente da Junta de Freguesia de Moçarria, concelho de Santarém, após o 25 de Abril de 1974.

O inquérito decorre no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Santarém e a investigação no Ministério Público, com a ajuda da Policia Judiciária.

(Visitas 46 , 1 visitas hoje)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •