JSD considera reunião com comerciantes do Cartaxo “hipocrisia política”

(Publicado em: 26 Novembro, 2018)

A Juventude Social-democrata do Cartaxo fez saber qual o seu parecer, através de comunicado, em relação à reunião com os comerciantes do concelho, que decorreu na passada terça-feira, com o propósito de criar uma Associação de Comerciantes independente.

A estrutura laranja considera a reunião dinamizada pela Câmara Municipal com os comerciantes “hipocrisia política”.

Para Bruno Galaio, Presidente da JSD Cartaxo, “de repente, o mesmo presidente da Câmara, responsável pela destruição da Rua Batalhoz já quer saber dos comerciantes do Cartaxo”.

Bruno Galaio aponta ainda o dedo ao Presidente, Pedro Magalhães Ribeiro, “que na última Assembleia Municipal disse que por alguma razão há casas que continuam abertas e outras que fecham, claramente passando um atestado de incompetência aos comerciantes do Cartaxo que tiveram que fechar portas”.

A JSD Cartaxo considera “que este ato é uma manobra de diversão do presidente da Câmara”, acrescentando que “se o presidente da Câmara estivesse verdadeiramente empenhado em ajudar o comércio local, o grupo que formou há alguns anos atrás já tinha apresentado resultados concretos”.

Relacionadas: Cartaxo está mais perto de criar uma Associação de Comerciantes própria