Médicos do CHMT terminam especialidade com notas perto de 20

(Publicado em: 17 Abril, 2019)

Cinco médicos internos que estiveram a concluir a especialização no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) tiveram notas perto de 20 valores.

Inês Santos terminou com 19,89 valores, Rui Assis com 19,78 valores e Tiago Alves com 19,57 valores, na especialidade de Medicina Interna. Rachele Escoli conseguiu 19,80 valores, na especialidade de Nefrologia e Raquel Pires Marques 18,89 valores, na especialidade de Ortopedia.

A diretora do Serviço de Nefrologia, Ana Vila Lobos, salienta que “a nota que a Doutora Rachele Escoli obteve no exame final da especialidade, de 19,8 valores, ficou a 0,01 do primeiro lugar nacional”.

Para o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, Carlos Andrade Costa, estas classificações representam “a qualidade da formação realizada por estes internos e são a prova das capacidades formativas do Centro Hospitalar do Médio Tejo nas várias especialidades clínicas”.

Note-se que, este ano, o Centro Hospitalar do Médio Tejo foi escolhido, pela primeira vez, como local para a realização dos exames nacionais finais da especialidade de Patologia Clínica, fazendo-se há vários anos no CHMT os exames de Medicina Interna, Pediatria Médica, Cirurgia Geral e Psiquiatria, onde prestaram prova médicos internos vindos de várias instituições hospitalares do Serviço Nacional de Saúde.