CIMLT apresenta boas práticas da Central de Compras

A CIMLT foi convidada pela Câmara Municipal de Lisboa (CML), a apresentar o modelo de funcionamento da sua Central de Compras Eletrónicas, devido às boas práticas que tem desenvolvido com as entidades associadas.

A apresentação realizou-se no Encontro de Quadros 2015 da CML, que teve lugar no passado dia 18 de novembro, no Fórum Lisboa, e que contou com a participação de mais de 500 funcionários, provenientes de várias autarquias e outras entidades do universo municipal e intermunicipal, entre elas a Central de Compras Eletrónicas da CIMLT (CCE-CIMLT).

O evento, subordinado ao tema “Sabemos, Fazemos, Partilhamos”, teve por objetivo promover o debate e a partilha de projetos no âmbito das competências daqueles Quadros.

O Encontro de Quadros da CML debruçou-se sobre a análise e debate de oito temas, desde os Direitos Sociais, Economia e Inovação, Urbanismo ou Tecnologia, num total de 36 comunicações, e apresentou um vasto conjunto de workshops e posters temáticos.

Uma das apresentações esteve, assim, a cargo da Central de Compras Eletrónicas da CIMLT, que demonstrou como as suas boas práticas têm vindo a assegurar uma maior eficácia, eficiência, transparência e redução de custos de aquisição de vários bens e serviços para as entidades associadas, sendo elas: os 11 municípios da Lezíria do Tejo; a AR – Águas do Ribatejo, EM, SA; a RESITEJO – Associação de Gestão e Tratamento dos Lixos do Médio Tejo; a DESMOR, EM, SA; a ECOLEZIRIA – Empresa Intermunicipal para o Tratamento de Resíduos Sólidos, EIM; e a Viver Santarém, Sociedade de Cultura, Desporto, Turismo e Gestão Urbana de Santarém, EM, SA.

Através da criação da Central de Compras Eletrónicas da CIMLT foi possível gerar poupanças e aumentar a eficiência no processo aquisitivo. Desde 2012 até Outubro de 2015, a CCE-CIMLT lançou doze procedimentos, o que originou uma poupança direta de 12 294 996,40 €. A Central de Compras Eletrónicas teve um papel fundamental no apoio às entidades de organização dos serviços, para que estes pudessem fazer um levantamento exaustivo de quantidades e valores gastos nos seus orçamentos, com estes bens e serviços.

Deixe um Comentario

*