Ana Coelho passa a coordenadora Municipal de Proteção Civil no Cartaxo

(Publicado em: 13 Julho, 2020)

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, nomeou em Despacho de 7 de julho, a técnica superior do município Ana Margarida Serrano Gaspar Coelho como Coordenadora Municipal de Proteção Civil.

Ana Margarida Serrano Gaspar Coelho é técnica superior do município desde 2008 –, integra o quadro de pessoal a tempo indeterminado desde 2013 –, desde então tem sido responsável pela elaboração de documentos estratégicos na área da proteção civil, como os planos operacionais municipais, e tem coordenado a operacionalização dos trabalhos da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios e da Comissão Municipal de Proteção Civil.

Licenciada em Engenharia de Gestão e Ordenamento Rural e com Pós-graduação em Riscos e Proteção Civil. 

Da sua experiência profissional destacam-se as funções exercidas na APAS FLORESTA como técnica de Sistemas de Informação Geográfica, no Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal do Cartaxo e na área de proteção civil da mesma autarquia, tendo integrado o Gabinete Municipal de Segurança e Proteção Civil, o Gabinete de Bombeiros e Proteção Civil e o Serviço Municipal de Proteção Civil – conforme a designação adotada em diferentes organizações da estrutura, ao longo de 12 anos de serviço público.

O presidente da Câmara Municipal destacou o trabalho de Ana Coelho “no âmbito da pandemia da doença Covid-19. Num momento de especial exigência, o município e a comunidade puderam contar com uma pessoa que assumiu a coordenação das operações de apoio à população com determinação e resiliência, com capacidade de encontrar soluções em tempo recorde e com especial capacidade de mobilizar todas as forças de segurança, instituições sociais, de saúde e políticas, envolvidas nesta enorme responsabilidade de proteger a nossa comunidade”.

De referir ainda que o coordenador municipal de proteção civil atua exclusivamente no âmbito territorial do Município e depende hierárquica e funcionalmente da presidente da Câmara Municipal, a quem compete a sua designação, pelo período de três anos.