Autarcas de Samora Correia propõem IMI Solidário

Autarcas de Samora Correia propõem IMI Solidário

(Publicado em: 20 Maio, 2020)

Os eleitos independentes na Assembleia de Freguesia de Samora Correia, Nelson Lopes e Paula Cristina Rego, apresentaram, na passada sexta-feira, uma recomendação para que a Câmara Municipal de Benavente (CMB) converta metade do valor pago do Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) pelos munícipes em vales que possam ser utilizados no comércio local ou como donativo às IPSS do concelho.

Os proponentes afirmam que a “Pandemia obrigou ao cancelamento de todos os eventos organizados pela câmara ou subsidiados pelo município com uma poupança estimada de cerca de um milhão de euros que inclui subsídios, materiais, estruturas, apoios logísticos e tempo dos funcionários municipais”.

Na prática, refere a proposta, que quem paga 100 euros de IMI teria um vale de 50 euros que poderia utilizar em superfícies comerciais do concelho, sendo depois os estabelecimentos aderentes ressarcidos nas tesourarias da CMB. A proposta refere, ainda, que a sua implementação e execução deveria obedecer a um regulamento próprio criado para esse efeito.

De acordo com os autores da proposta, a CMB previu receber em 2020 cerca de 4,4 milhões de euros de IMI. A implementação desta medida seria “uma forma simples e eficaz de aliviar as famílias e ajudar a economia local a retomar a sua atividade”, afirmam.