Autarquia rejeita isenção da derrama para as pequenas empresas

Publicado em 05 Nov 2018
Comment: Off

A proposta do PS de Benavente para a isenção da derrama para as pequenas empresas, com volume de negócios até 150 mil euros, foi rejeitada. A proposta teve os votos contra da CDU e a abstenção do PSD.

“Por cerca de 24 mil euros, de um orçamento de 19 milhões de euros, 300 empresas do município de Benavente vão ter de continuar a pagar a derrama” pode ler-se na nota de enviada pelo Partido Socialista de Benavente à redação.

No entanto, o PS salienta que consegiu, “com a pressão que fez”, que a maioria CDU baixasse historicamente o IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis), passando dos 0,45% para os 0,35%.

O PS “tem consciência de que, nesse imposto, seria difícil estar a pedir e a exigir mais, portanto reconhece que a maioria CDU já fez um esforço para ir ao encontro do Partido Socialista”.

Contudo, para os socialistas “existem outras alternativas em matéria de redução de impostos”, estando “disponíveis para negociar”.

Noticias relacionadas