Cultura Ana Mesquita Abril 18, 2022 (Comments off) (183)

Azambuja celebra o XXIII Mês da Cultura Tauromáquica

O “Mês da Cultura Tauromáquica” está de regresso, nos moldes habituais, a Azambuja. Esta edição decorre de 1 a 22 de maio e culminará, como não poderia deixar de ser, com a tradicional Feira de Maio.

Será um mês repleto de atividades ligadas à tauromaquia, com várias exposições, colóquios, palestras, espetáculos, uma visita a uma ganadaria e um momento de literatura direcionado para os mais novos.

Este Mês da Cultura Tauromáquica tem início ao domingo, dia 1 de maio, com uma visita à Ganadaria Murteira Grave, na Herdade da Galeana, situada em Évora e considerada por muitos aficionados como “O Templo do Toiro Bravo”. A inscrição é obrigatória.

No mesmo dia é inaugurada, na Praça de Toiros Dr. Ortigão Costa, em Azambuja, a exposição “Redondéis de Azambuja” e a exposição de rua “Taurus Murus”. A exposição apresenta cerca de 20 telas, de grandes dimensões, que irão transportar-nos para o mundo da tauromaquia, dos seus intervenientes e particularidades, trazendo um colorido às ruas da vila de Azambuja, exaltando os valores da “festa brava” e a importância dessa herança para a identidade do território. No Jardim Urbano Dr. Joaquim  A. Ramos é inaugurada a exposição “7ª Festa – a Tauromaquia no Cinema”. 

No mesmo dia, outra proposta é um espetáculo de dança e música com o grupo Taconeando, às 21h30, no Auditório do Centro Social e Paroquial de Azambuja.

No sábado, 7 de maio, vai acontecer uma atividade destinada às crianças, na Biblioteca Municipal de Azambuja. Será uma sessão “Hora do Conto” e, bem a propósito, dará destaque ao livro “O Tesouro da Feira de Maio”.

Para dia 13 de maio está programada uma palestra com António Peças, subordinada ao tema “O Médico na Praça de Toiros”, que terá lugar na sede da Tertúlia Festa Brava, pelas 21h30. 

No dia seguinte, o convite é para assistir ao colóquio “Hipoterapia dos 8 aos 80”, que terá lugar no Centro Hípico Lebreiro, a partir das 14h30.

À noite, a partir das 21h30, Azambuja irá receber a 4ª edição do Festival de Escolas de Flamenco “Azambuja Sevillanissima”, que contará com a participação de várias escolas de sevilhanas. O festival irá decorrer na Praça do Município de Azambuja.

No dia 15, domingo, terá lugar mais um colóquio “Conversas de Maio – Gerações de Tertúlias”, que contará com testemunhos de representantes de várias tertúlias de Azambuja. A iniciativa terá lugar pelas 16h, no Auditório do Páteo Valverde.

O espetáculo “Música, Cavalos e Toiros” chega no dia 20, sexta-feira, pelas 21h30. O evento contará com a participação de elementos da Banda do Centro Cultural Azambujense, Maria Rei na voz, André Ribeiro na guitarra portuguesa e Ginestal Martins na viola de fado e voz. O espetáculo terá lugar no Auditório do Centro Social e Paroquial de Azambuja.

A terminar as atividades do XXIII Mês da Cultura Tauromáquica, no dia 22 de maio, domingo, a Praça do Município será palco da iniciativa “Toureio a Pé comentado”, que terá os contributos do matador de toiros colombiano Juan de Castilla e do novilheiro amador Martim Torrão, da Escola de Toureio de Azambuja, ainda com os comentários do crítico taurino Maurício do Vale.