Atualidade Política Ana Mesquita Junho 13, 2022 (Comments off) (180)

Cartaxo, Santarém e Azambuja querem potenciar recursos hídricos

As câmaras do Cartaxo, Santarém e Azambuja assinaram um protocolo de parceria para a realização de um levantamento, caracterização e análise dos recursos hídricos da Lezíria do Tejo. O protocolo de parceria envolve, também, a Associação dos Agricultores do Ribatejo (AAR).

Estas entidades consideram essencial identificar o estado de conservação da rede de valas de drenagem direcionadas para o canal da Azambuja, bem como o estado de conservação das infraestruturas hidráulicas existentes.

O levantamento vai ser feito numa área de 10.000 hectares, desde o Vale de Santarém até Azambuja, passando por Valada, no concelho do Cartaxo.

O estudo tem como objetivos fazer o levantamento de dados digitais detalhados e georreferenciados das estruturas em análise, bem como dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos, e visa, ainda, a elaboração de uma planta com perímetros de responsabilidade dos diversos organismos oficiais nesta área territorial.

Em comunicado, a câmara de Azambuja salienta que “a meta deste protocolo e dos estudos e trabalhos a desenvolver é criar condições para que se possa aumentar a eficiência, a competitividade e a sustentabilidade da atividade agrícola e de outros setores socioeconómicos associados ao mundo rural, valorizando esta bacia específica do Rio Tejo”.