Tejo Rádio Jornal

Opinião/2022

Opinião – O calvário dos desempregados honestos

Estar desempregado e ser honesto é uma carga de trabalhos na generalidade dos Centros de (Des) emprego.  Quem procura trabalho digno porque não quer viver à conta do Estado é mal tratado.  São as burocracias, as exigências, as convocatórias para reuniões que não adiantam nada.  As falsas promessas e as ilusões.  Os cursos de tudo e mais alguma coisa que não acrescentam muito aos formandos a não ser um mísero subsídio.  Em Portugal os desempregados honestos são tratados como delinquentes pelo Estado e por algumas empresas e instituições.  Com raras exceções, o Estado trata os desempregados pior do que os

Continuar a ler

Opinião – Cartaxo Online 20.000 Membros

O Cartaxo Online é um Grupo do Facebook que criei há 8 anos (janeiro de 2016), na altura a ideia de criar o grupo tinha o sentido de unir pessoas, com o um único elemento em comum eram do Cartaxo ou tinham alguma relação com o Cartaxo, rapidamente o grupo cresceu, até se vir tornar o maior grupo sobre o Cartaxo, nas Redes Sociais.Gerir o Cartaxo Online, não é fácil, porque gerir pessoas e as opiniões delas sobre qualquer determinado tema, é um desafio enorme quando tentamos ser o mais imparciais possíveis, sobre qualquer tema.As pessoas.. O ser humano não

Continuar a ler

Opinião – A Guerra é um desperdício ou não faz sentido

Começo por escrever sobre um homem que marcou a diferença: Raoul Follereau. Trata-se de um escritor, jornalista e filantropo francês, conhecido por ter fundado, em 1967, uma associação de luta contra a lepra, atuando um pouco por todo o mundo, mas em especial nos países de África. Durante a Segunda Grande Guerra, Follereau distingue-se como ativista anti-nazi e defensor de uma França livre, o que lhe valeu a perseguição da polícia política. Decidiu correr mundo a fazer conferências acerca da lepra, e em 1953, funda uma cidade na Costa do Marfim, Adzopé, para tratamento e cuidado dos leprosos. A valorização

Continuar a ler