Comemorações do Bicentenário do Concelho do Cartaxo

Centro Cultural do Cartaxo com casa cheia para assistir à Sessão Solene que, no dia 10 de dezembro, assinalou o encerramento das Comemorações do Bicentenário do Concelho e foi presidida pelo Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.

Homenagem Nacional a Marco Chagas e entrega de Medalhas de Mérito a Edmundo Calisto, a título póstumo, e a Mário Júlio Reis, marcaram a noite de 10 de dezembro, que contou com a participação do Coro Polifónico Cosme Delgado, dirigido pelo Tenor Samuel Vieira.

Crianças e jovens do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita protagonizaram dois dos momentos musicais mais emocionantes da cerimónia que abriu com a mensagem de esperança de Rita Caeiro e Ana Carolina Reis que, ao som dos Coldplay, dançaram I’ll fix you e terminou com a Bandeira do Cartaxo a enquadrar a última canção do Musical Cartaxo com História, cantada pelo Coro do Agrupamento.

Numa cerimónia marcada por alguns momentos de muita emoção – como o da homenagem nacional a Marco Chagas, da entrega das Medalhas de Mérito a Edmundo Calisto, a título póstumo e a Mário Júlio Reis, ou da atuação do coro de crianças e jovens que saudaram o Cartaxo e a sua Bandeira, num desempenho que levantou das cadeiras todos os presentes no auditório do Centro Cultural –, foram encerradas, no dia 10 de dezembro, as Comemorações do Bicentenário do Concelho do Cartaxo.

O Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), Delmino Pereira, esteve presente na cerimónia para participar na homenagem nacional a Marco Chagas, lembrando o seu percurso no ciclismo”.

Vasco Cunha, vereador do PSD/Cartaxo, descreveu Marco Chagas como “o melhor ciclista que passou por Portugal ao longo de todos estes anos” e “um dos homens, neste país, que mais sabe sobre aquilo que faz”.

Marco Chagas lembrou os colegas anónimos que “não ganharam, mas ajudaram a ganhar, os companheiros que me ajudaram ao longo dos anos”, afirmando que o Cartaxo teve muita gente boa.

As duas medalhas de Mérito foram atribuídas a Edmundo Calisto, a título póstumo, e a Mário Júlio Reis. Por Edmundo Calisto, recebeu a distinção, o seu filho, Paulo Calisto, que agradeceu em nome da família, evocando emocionado a memória do seu pai e como “se ele estivesse aqui, com certeza que as suas primeiras palavras, seriam para os seus pais”

Mário Júlio Reis agradeceu ao município por se ter “lembrado das pessoas que voluntariamente, na sombra, fazem mexer a vida cultural do concelho”,

Presidente da Câmara deixa sentida palavra de homenagem a Marco Chagas, Mário Júlio Reis e a Edmundo Calisto, representado pela sua família.À comissão organizadora das Comemorações do Bicentenário, o autarca dedicou a palavra “gratidão. As Comemorações que hoje encerramos, cumpriram todos os seus principais objetivos.

Miguel Montez Leal, presidente da Comissão das Comemorações dos 200 Anos de Elevação do Cartaxo a Concelho, elencou os eventos e atividades desenvolvidos no âmbito do programa das Comemorações, lembrando as exposições temporárias, a homenagem a cartaxeiros ilustres que marcaram a história do concelho e do país.

Gentil Duarte, presidente da Assembleia Municipal do Cartaxo, lembrou as razões que D. João VI elenca ao dar alvará de concelho ao Cartaxo – a “ sua importância, notoriedade económica, social e política”, assim como “o empenho de muitos cartaxeiros”, que referiu como exemplos do espírito de cidadania.

Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, lembrou a importância dos municípios na organização administrativa do territórios”. Para o Secretário de Estado, “qualquer instituição que viva ao longo de dois séculos, é forçosamente uma instituição que desempenha uma função estrutural e necessária”.

A Cápsula do Tempo, cuja constituição se iniciou em junho passado, durante as Comemorações do Dia Mundial da Criança, ficou disponível ao longo do dia, para que os interessados pudessem colocar os últimos objetos, mensagens ou fotografias no seu interior. A Cápsula foi lacrada no final da cerimónia e só voltará a ser aberta em 2066, quando a o concelho celebrar 250 anos.

 

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*