Política Joaquim Palmela Janeiro 6, 2022 (Comments off) (244)

Coruche foi o concelho que mais aproveitou fundos europeus

Iniciado em 2014, o programa de gestão de fundos europeus, Portugal 2020, que apoiaram a iniciativa pública e privada em áreas como a competitividade e internacionalização; inclusão social e emprego; capital humano e sustentabilidade e eficiência no uso de recursos.

Os fundos foram também distribuídos por 16 programas operacionais, com diversas temáticas e distribuídos regionalmente, beneficiando assim todas as áreas do país equitativamente.
Dos 26,9 mil milhões de euros atribuídos pela União Europeia a Portugal, os concelhos do Vale do Sorraia aplicaram 170 milhões de euros, sendo que o que melhor aproveitou os fundos foi o de Coruche, com 66,7 milhões de euros atribuídos a projectos desenvolvidos no território.

No Vale do Sorraia, de acordo com os números divulgados, foram aprovados 1.464 projectos, com 830 beneficiários, dos 143.869 projectos aprovados a nível nacional, com 79.788 entidades a beneficiarem dos fundos comunitários.
A nível concelhio Coruche teve 66,7 milhões de euros atribuídos a 586 projectos aprovados, com 327 beneficiários.
O concelho de Benavente teve 454 projectos que receberam 56,3 milhões de euros, que beneficiaram 261 entidades.
Salvaterra de Magos teve 277 projectos aprovados, com 154 beneficiários, a que coube 36,2 milhões de euros.

Apesar de nem sempre conseguirem cumprir as metas de execução, os fundos europeus do Portugal 2020, permitiram um conjunto importante de obras, públicas e privadas, para os concelhos do Vale do Sorraia.
Com os novos programas de apoio da comunidade europeia, nomeadamente o Portugal 2030 e o PRR, será novamente possível efectuar candidaturas à realização de projectos e investimentos, com fundos europeus.