Opinião/2022 Joaquim Palmela Julho 5, 2022 (Comments off) (202)

Opinião – É urgente um PSD corajoso e coeso

O Ribatejo e Portugal precisam de um PSD mais forte, mais coeso e com um projeto alternativo de governação. 

Do congresso social-democrata deste fim de semana, no Porto, saiu uma luz de esperança. Luís Montenegro foi inteligente e não deixou ninguém de fora, mesmo os que alinharam noutro sentido.  

O novo líder uniu o partido e o congresso deu-lhe luz verde para um projeto de verdadeira alternativa à maioria socialista. A Comissão Política Nacional foi eleita com mais de 91,6% dos votos dos delegados. Uma marca que superou os resultados de Passos Coelho e Rui Rio. 

Luís Montenegro saiu pela porta grande e lançou balões de motivação numa atmosfera deprimida num país governado por um PS debilitado, apesar do conforto da maioria absoluta. 

Este pode ser o momento de viragem com Montenegro a construir um novo modelo de oposição e a devolver ao PSD os valores de Sá Carneiro. O líder do PSD tem caminho para andar e tempo para preparar um projeto de governação para o inevitável novo ciclo quando o PSD for chamado a governar.  

O distrito de Santarém também precisa de um PSD forte, ambicioso, corajoso e determinado. Um PSD que se assuma como partido de charneira nos 21 concelhos e em particular naqueles onde pode fazer história.  

Benavente é um dos concelhos com esperança viva depois de 43 anos de maiorias absolutas comunistas. Sónia Ferreira, recém-eleita secretária da mesa do congresso do PSD, fez tremer o PCP no único concelho que mantém no distrito depois de ter perdido Alpiarça.  Em 2025, o PSD pode conquistar Benavente, mas para tal este é o momento de alargar a influência da distrital laranja ao sul conquistando novos militantes e recuperando os que se afastaram. O Chega tem mais militantes que o PSD em Benavente e Salvaterra de Magos. E não é apenas mérito do partido de André Ventura. 

O Cartaxo é um bom exemplo de que as eleições se ganham com trabalho, persistência e coerência demore o tempo que demorar. 

Jorge Gaspar, militante do PSD cartaxeiro, anunciou a sua candidatura à liderança do PSD no distrito.   

Gaspar é um pensador com estratégia e tem a coragem dos ribatejanos que pegam os touros pelos cornos.  

O Ribatejo, tal como o país, precisa de um PSD corajoso, coeso e competente.    

 Opinião – Nelson Lopes  – Jornalista desde 1990. Gestor de Comunicação