Espaço de Opinião – Sexta-feira com Miguel Ribeiro

Publicado em 10 Jul 2020
Comment: Off

Todas as Sextas-feiras aqui a opinião de:

Miguel Ribeiro: Consultor de Segurança Informática

Professor Voluntário na Universidade Sénior do Cartaxo

Residente e Natural do Cartaxo.

Para ler no site da Tejo Rádio Jornal

Opinião 10 julho 2020

Teletrabalho..

Toda esta pandemia, fez de facto uma mudança enorme na vida de cada um nós.. O Teletrabalho, as compras e vendas online, os serviços públicos, as actividades desportivas e culturais.

Com o Teletrabalho, milhares de pessoas passaram a trabalhar a partir de casa, uma mudança de paradigma que se tornou vantajosa para alguns e incomoda para outros..

De facto passamos a ter mais tempo para estar com a família, perdemos menos tempo em transportes públicos e em deslocações, temos menos gastos na alimentação e no geral..

A verdade é que nem todos gostaram de passar mais tempo em casa, uma grande parte das pessoas, até se passaram a queixar do tempo que tem que passar com os filhos em casa e o facto de isso ser incomodativo para desempenharem um bom trabalho ..

Muitos queixam-se que os filhos não sabem estar sossegados ou bem comportados em casa, enquanto os pais trabalham.. Não será esse mesmo comportamento incomodativo dos filhos, que fazem nas escolas perante o trabalho dos professores?

Em outras idades, os filhos são um problema menor para os pais, pois já habituados a estarem sozinhos à frente de um computador, não incomodam, mas ao mesmo tempo, muitos também não estudam..
Um dilema complicado para qualquer pai, tendo em conta que os anos passam e sem progresso escolar, o progresso profissional será cada vez mais complicado.

O Teletrabalho é mais fácil quando temos equipamentos em casa, que permitam a realização desse Trabalho à distancia, com os mesmos níveis de produtividade.. Quando esses equipamentos não existem ou não são apropriados, o Teletrabalho fica mais difícil e em muitos casos impossível de se realizar..

Existe algo no mundo da Informática e das empresas, que se chama de Transformação Digital das Empresas, que segundo alguns especialistas, essa Transformação Digital estava a acontecer de um modo muito lento, e com pouca aderência.. Isso alterou-se por completo nos tempos de Covid-19, pois todas as empresas, empresários e estabelecimentos foram de um certo modo obrigados a acelerar a sua transformação digital..

As lojas passaram a ser cada vez mais online, as de roupa por exemplo passaram a fazer vídeos em directo, e algumas com grande sucesso.. Os restaurantes passaram a publicitar as suas ementas online, com serviços take away. e a comunidade passou a contar mais uns com os outros também via online, já fazíamos tudo isto, mas não de uma forma tão intensa, essencial e eficaz..

É na minha perspectiva que o Teletrabalho veio para ficar, e que esta adaptação e transformação digital, seja apenas uma fase de transição e uma adaptação um pouco forçada, mas que irá mudar um pouco a vida de cada um de nós, agora e no futuro. Irá mudar conceitos de educação, de comunicação, de trabalho e de socialização.
Um mundo será cada vez mais digital, e isso trás sem duvida inúmeras vantagens, embora nem todos se vão conseguir adaptar ao mesmo, muitos não terão escolha, e essa adaptação virá de qualquer das formas.

Com toda esta mudança de realidades no nosso dia a dia, cabe às instituições publicas, e aos nossos governantes, olharem para este novo paradigma e proporcionarem às suas populações, infraestruturas publicas e meios sociais, que as ajudem nesta nova adaptação, caso contrario, vamos aumentar as diferenças sociais e profissionais da nossa população.

Noticias relacionadas