Atualidade Ana Mesquita Fevereiro 28, 2022 (Comments off) (540)

Salvaterra de Magos mês da Enguia de 1 de março a 3 de abril

A apresentação da 26ª edição do Mês da Enguia, que se realiza de 1 de março a 3 de abril, no concelho de Salvaterra de Magos, teve lugar esta quinta-feira, 17 de fevereiro, no Mercado de Cultura de Marinhais.

Quinze restaurantes do concelho voltam a mostrar a sua mestria na confeção da enguia nas suas diferentes formas, dos pratos mais tradicionais aos mais inovadores.

O certame conta também com um conjunto de quatro exposições, espetáculos musicais e iniciativas das associações, assim como com a participação de uma dezena de unidades de alojamento, quatro produtores de vinhos e de licores e dois operadores de passeios turísticos no Rio Tejo.

A mesa da cerimónia oficial de apresentação contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio, do Vice-Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Pedro Dias e da Chef Noélia Costa, em representação da Escola Profissional de Salvaterra de Magos.

O Presidente da Câmara Municipal começou por “saudar e sublinhar a coragem e a resiliência de todos estes nossos empresários que tudo têm feito para fazer sobreviver os seus negócios que são para nós fundamentais na divulgação e promoção do concelho e na captação de visitantes ao nosso território”.

“São os verdadeiros embaixadores deste certame gastronómico e os primeiros responsáveis pelo sucesso do mesmo e por já estarmos na 26ª edição”, acrescentou.

Hélder Manuel Esménio reforçou que “ao Município de Salvaterra de Magos cabe-nos promover e divulgar o território, as suas gentes, tradições, costumes e património. Cabe-nos criar “produto” turístico como temos feito com a Falcoaria, com o Escaroupim, o seu Museu e Casa Tradicional, o Rio Tejo e os miradouros naturais sobre o mesmo e mais recentemente com a classificação dos “Bordados da Glória do Ribatejo” como Património Cultural Imaterial Nacional”.

O Presidente da Câmara Municipal salientou ainda que “este esforço de estudo, valorização e preservação é importante, mas de pouco serviria a economia local se estes vários empresários não acreditassem e não assumissem o trabalho de os promover e de, em torno deles, criar uma oferta turística apelativa que traga gente e oportunidades de negócio”.

“O Mês da Enguia é um evento que congrega muita gente e muito trabalho, é um projeto que une o concelho e que dá uma merecida visibilidade a este território aprazível e com um património histórico-cultural e natural de excelência, que nos orgulha e torna únicos”, concluiu.

Pedro Dias, vice-presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, salientou que “este elemento gastronómico é algo diferenciador” e destacou temas como a Falcoaria – Património Imaterial da Unesco -, a rota da Cultura Avieira, os Caminhos de Santiago, o Turismo Sustentável e o Turismo Literário.

A Chef Noélia Costa, da Escola Profissional de Salvaterra de Magos, felicitou a Câmara Municipal pela realização da iniciativa e salientou que “enquanto formadora e Chef de Cozinha, tentamos sempre transmitir aos nossos alunos tudo o que a região tem de bom e temos muito respeito pelos produtos”.

A vertente cultural assume particular destaque com a realização de espetáculos aos fins de semana em diferentes espaços municipais, todos agendados para as 15h30:

5 de março – Stand-up comedy com João Seabra, na Casa do Povo de Muge;
12 de março – Espetáculo com The Pilinha, no Espaço Jackson, Glória do Ribatejo;
20 de março – Espetáculo com Laura Macedo, Ricardo Neiva, Marcelo Silva e Samuel Palhas, no Mercado de Cultura de Marinhais;
26 de março – Espetáculo Pedro e Bernardo Viana convidam Luís Trigacheiro, no Celeiro da Vala em Salvaterra de Magos

Toda a programação e informação relativa a esta edição do Mês da Enguia pode ser obtida no site do evento Aqui