Museu Nacional Ferroviário na European Route of Industrial Heritage

A candidatura do Museu Nacional Ferroviário à ERIH – European Route of Industrial Heritage foi aprovada.

A partir de agora o Museu Nacional Ferroviário integra a maior rede europeia de divulgação e promoção de Turismo Industrial, que agrega e divulga mais de 1300 sítios e museus industriais em 13 países europeus.

O Museu Nacional Ferroviário no Entroncamento (distrito de Santarém), e no Lousado, (Concelho de Vila Nova de Famalicão, (distrito do Porto), integram a ERIH como Pontos-Âncora, a principal rota desta rede europeia.

De acordo com os critérios da ERIH, obtêm a classificação de Pontos-Âncora os sítios que são considerados de excecional importância histórica em termos de património industrial e que oferecem uma experiência de qualidade aos visitantes, constituindo marcos do Património Industrial Europeu.

A candidatura agora aprovada contou com o apoio da Câmara Municipal de Famalicão e da APPI- Associação Portuguesa para o Património Industrial, integrando-se na estratégia do Museu Nacional Ferroviário para a divulgação do museu e captação de públicos.

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*