Sociedade A Redação Março 3, 2023 (Comments off) (1336)

Níveis elevados de químicos no Tejo são má notícia para Valada

O rio Tejo em Valada, no concelho do Cartaxo, é um dos milhares de locais pela Europa com concentrações elevadas de poluentes conhecidos como ‘produtos químicos eternos’ que não se decompõem no meio ambiente, segundo revelou um estudo publicado no jornal britânico ‘The Guardian’. Estas substâncias, PFAS, estão presentes na água, solos e numa vasta gama de produtos de consumo, espumas de combate a incêndios, resíduos e processos industriais.

Segundo o estudo, em Portugal estão sinalizados nove locais preocupantes, mas Valada, no concelho do Cartaxo, é mesmo o caso mais preocupante em território nacional, com concentrações de 3.200 ng/l, segundo dados da Agência Portuguesa do Ambiente.

Esta foi uma má notícia para o concelho, disse o presidente da Câmara Municipal. Assim, a Câmara Municipal vai antecipar análises mensais à água do Tejo, porque o objetivo, revelou João Heitor, é que Valada possa ter uma praia fluvial.

Pelo PS, Fernando Amorim considerou que importa, primeiro, garantir a saúde e, depois, minimizar os efeitos negativos que esta situação poderá trazer a Valada.