O Posto de Comando Municipal de Proteção Civil foi ativado no Cartaxo

Publicado em 20 Nov 2020
Comment: Off

O Posto de Comando Municipal de Proteção Civil foi ativado para coordenar a resposta municipal e os meios humanos e técnicos disponíveis no concelho e envolvidos no combate ao contágio por novo coronavírus SARS-COV2 e no apoio à população atingida pela doença Covid-19.

O Posto de Comando tem linha de telefone direta e email de contacto disponível para dúvidas da população e necessidades de apoio.

O Centro de Promoção Vitivinícola e o Auditório Municipal, localizados na Quinta das Pratas, passaram a acolher, desde o, dia 18 de novembro, o Posto de Comando Municipal de Proteção Civil que a Câmara Municipal do Cartaxo ativou para coordenar a resposta municipal à pandemia do novo coronavírus SARS-COV2 e à doença Covid-19.

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo e responsável pela proteção civil no concelho, explicou que o Posto de Comando é uma estrutura operacional que “permite agilizar a coordenação dos meios disponíveis, quer municipais, quer da autoridade de saúde local e das forças de segurança, no apoio à população, aos agrupamentos de escolas, às instituições de solidariedade social e às empresas do concelho, no que respeita ao combate à pandemia”.

Pedro Magalhães Ribeiro destacou a importância de “toda a comunidade assumir esta luta como sua. Nas unidades de saúde local o trabalho dos profissionais de saúde é de uma exigência extrema a nível físico e psicológico, o número de pessoas em isolamento profilático e vigilância ativa ou passiva no concelho que têm de ser contactadas quer pela autoridade de saúde, quer pelas forças de segurança, numa base diária é, lamentavelmente, enorme”, afirmou o autarca que destacou a disponibilidade imediata de trabalhadores da Câmara Municipal para integrar o Posto de Comando Municipal de Proteção Civil.

O Posto de Comando está organizado em três áreas de ação – operações, logística e planeamento.

A área de operações integra os agentes de proteção civil e forças de segurança – PSP, GNR, Serviço Municipal de Proteção Civil, Bombeiros Municipais do Cartaxo e Cruz Vermelha Portuguesa- Centro Humanitário de Santarém/Cartaxo.

A área de planeamento que coordena as necessidades de isolamento profilático ou vigilância ativa e efetua o rastreio de cadeias de transmissão, integra elementos do serviço municipal de proteção civil, da autoridade de saúde local e a equipa de rastreio.

A logística agrega o apoio à população, o controlo da reserva estratégica de equipamentos de proteção individual (EPI), mantendo inventário das necessidades dos lares, centros de dia e apoio domiciliário, assim como, de instituições com valências de apoio social ou educativo, coordena as ações de descontaminação e é responsável pela ativação e equipamento de Zonas de Concentração e Apoio à População (ZCAP).

Para o autarca “o trabalho que dezenas de profissionais na área da saúde, nas forças de segurança, no apoio social, têm desenvolvido desde março, tem sido exemplar”.

Pedro Magalhães Ribeiro considera que “a pandemia veio pôr-nos à prova. Não só é um desafio à nossa capacidade de trabalho e resistência, mas também ao nosso compromisso com a comunidade, com a capacidade de manter a esperança e de garantir que nesta luta desigual ninguém fica sozinho.

Posto de Comando Municipal de Proteção Civil

Quinta das Pratas – Cartaxo

Funcionamento – 24 horas/dia

Atendimento público – por telefone ou e-mail

Linha direta – 243 700 285

e-mail – sos.coronavirus@cm-cartaxo.pt

Noticias relacionadas