Opinião/2022 Joaquim Palmela Maio 16, 2022 (Comments off) (326)

Opinião – Apetece-nos abraçar um a um os alunos da EB 2/3 Duarte Lopes de Benavente

Bravo!

 Apetece-nos abraçar um a um os alunos da EB 2/3 Duarte Lopes de Benavente que raparam o cabelo em solidariedade com um colega, vítima de bullyng.  

E felicitar os pais, educadores e professores que ajudaram a formar estes putos. 

António sofre de alopecia, doença que lhe provoca a queda de cabelo.  

É um rapaz inteligente, educado, trabalhador.  

Um aluno como todos os outros, mas a falta de cabelo de um jovem não deixa ninguém indiferente.  

Uns por compaixão, outros por maldade e vontade de se afirmarem rebaixando o outro. 

Os colegas e amigos do António estavam fartos de o ver sofrer com o bullyng exercido por meninos mimados e mal educados da escola. 

Os rapazes raparam o cabelo e as meninas cortaram e apanharam para chamar à atenção que o penteado não é o mais importante num ser humano.  

É o coração e a alma.  

O sentir a dor do outro como se fosse sua.  

Este grito de alerta para uma realidade cruel vivida em todas as escolas ecoou para lá dos muros da EB 2/3 Duarte Lopes. 

E vai continuar a ouvir-se na comunicação social, nas redes sociais, nas conversas de café. 

Promover o bem junto dos jovens é um dever de qualquer cidadão e dos jornalistas, professores, educadores e pais por maioria de razão. 

Continuo a acreditar nesta geração que cresce num dos piores momentos da humanidade.  

Tudo farei para que este exemplo seja mostrado ao mundo. 

Esta crónica é mais um passo. 

 Opinião – Nelson Lopes  – Jornalista desde 1990. Gestor de Comunicação