Opinião/2022 Joaquim Palmela Fevereiro 6, 2022 (Comments off) (308)

Opinião – José Barreto – As contradições desta Democracia

Tivemos no dia 30 de Janeiro o epílogo da novela eleições antecipadas. A pressa de Marcelo em as provocar, o choradinho do PS, os cartilheiros da comunicação social e por fim as sondagens levaram ao desfecho conhecido.

O povo que tem a má memoria da troika, é o mesmo povo que esqueceu os responsáveis pela mudança em 2015. Dos avanços em reposição de direitos , descongelamento de salários e pensões, manuais escolares gratuitos, cheches gratuitas, mas sobretudo a esperança de um futuro melhor.

Quando pergunto a muita gente se sabem quem é o deputado que elegeram para os representar na A . Republica, a resposta é invariavelmente errada , a grande maioria elegeu um a pensar que estava a votar noutro . Fruto da intoxicação informativa o eleitor apenas houve e às vezes não pensa por si próprio.

Novos tempos virão, na A.R irmos ter uma maioria ao serviço do governo, governo este que não estará ao lado de quem sobrevive com um baixo salário ou com uma pensão de miséria , à direita e multiplicado por 12 iremos houvir os grunhidos do costume e os discursos vasios de conteudo. A

esquerda teremos menos a fazer o trabalho necessário,mas com poucas probabilidades de exito, mas com a convicção, dedicação e fidelidade às causas e princípios que sempre defenderam .

Num futuro próximo gostava que a realidade não me desse razão, mas penso que não vou ter tal alegria.

Opinião – José Barreto