Opinião: Pedro Pereira – Orçamento das esquerdas

PS e António Costa dramatizam e diabolizam, hipotético, mas pouco provável, chumbo do orçamento, porque querem continuar a governar o país, que na verdade não precisa de uma crise política neste momento.

Bloco de esquerda pressiona e exprime o governo socialista até onde pode, para ver um conjunto de propostas e medidas incluídas e reivindicar louros perante o povo.

E neste jogo de negociação, Costa e o governo PS vão ver o orçamento aprovado como se o país fosse governado por uma coligação das esquerdas. Por isso, este orçamento será um orçamento das esquerdas, mas não será um orçamento do partido socialista.

Opinião: Pedro Pereira

Licenciado em Gestão Autárquica, Vereador da Câmara Municipal de Benavente e Autor do livro “Frases que podem mudar a sua vida”.

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*