Opinião: PS de Costa ensinou o caminho para a direita governar os Açores

O PS de António Costa está muito preocupado e indignado, com o acordo da direita para governar os Açores. Mas não terá sido o PS de António Costa a ensinar o caminho quando fez o acordo das esquerdas para governar o país? Não estará o PS de António Costa a provar de uma receita semelhante? A vida tem destas coisas, por vezes a lei do retorno tarda mas não falha e aprendemos grandes lições com aquilo que fazemos aos outros.

O PSD de Passos Coelho e o CDS de Paulo Portas sofreram as consequências da geringonça do PS de Costa. Agora, entrámos no ciclo inverso, em que o PS de Costa começou a sofrer as consequências da geringonça de direita. No fundo tudo se resume a uma expressão : vale tudo para chegar ao poder! Poderemos questionar e encontrar as diferenças entre a esquerda radical e a direita radical.

Sim podemos. A esquerda radical não é xenófoba. A direita radical tem uma parte xenófoba. Mas a esquerda radical, sobretudo o PCP também tem tiques anti democráticos e anti união europeia. O bloco de esquerda tem tiques anti Nato. Portanto, é caso para dizer “nenhuma das soluções governativas são exemplos imaculados”, mas como vivemos em democracia, temos o direito de não gostar, mas temos de respeitar as regras do Estado de Direito Democrático, que permitem acordos à esquerda e à direita.

Opinião: Pedro Pereira,

Licenciado em Gestão Autárquica, Vereador da Câmara Municipal de Benavente e Autor do livro “Frases que podem mudar a sua vida”

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*