Opinião/2022 Joaquim Palmela Abril 8, 2022 (Comments off) (288)

Opinião – Tempos incertos

Com avançar da guerra na Ucrânia, vemos o evoluir das repercussões da mesma também.

A nível militar, estamos no Séc.: XXI, é de estranhar ainda assistirmos a uma guerra com elevada participação humana, onde são usados meios, na sua maioria ultrapassados… Não estamos a assistir a uma “esperada” guerra tecnológica e robotizada, mas penso que agora, mais de um mês depois do seu início e reavaliadas as primeiras estratégias, a guerra vai mudar para esse sentido.
O uso de Drones, misseis de longo alcance, e veículos não tripulados vai passar a ser parte integrante dos próximos tempos de conflito. Uma guerra tecnológica e robotizada faz prever uma guerra mais longa e com as suas devidas consequências humanas e económicas, para todo o mundo.

A nível económico, alem do aumento do preço dos combustíveis fosseis, o preço de todos os produtos no seu geral deverá aumentar, sobretudo no sector da alimentação, onde haverá alguma escassez de produtos. O sector financeiro, irá estar instável devido à volatilidade dos mercados, e da incerteza dos mesmos. As sanções económicas impostas à Rússia e não só, estão a alterar o mercado financeiro, como nunca antes tinha acontecido na nossa história, e na sua maioria, sem hipótese de uma possível reversão. Veremos se no futuro o mercado Europeu, Norte Americano e da Oceânia, será mais forte que o mercado Asiático, e onde se posicionarão a Africa, América do Sul e Medio Oriente.

A nível Geopolítico, o mundo vai se dividir, a ideia da globalização pode ter aqui o seu fim anunciado. Sendo que UE e USA estão claramente unidos, no que será o seu futuro e tem consigo, países claramente importantes do mundo inteiro, como o Canada, Austrália, Japão, Uk.. Etc..
Mas do “outro lado”, estão se a unir países. como a Rússia, a China, a India.. Etc..
Tantos uns como os outros, representam no seu conjunto, praticamente metade da população mundial para cada lado.. Se esta divisão do mundo vai escalar para dois lados completamente separados, economicamente, culturalmente, e tecnologicamente, é algo que é possível, mas pouco provável. Acredito que a EU, irá se demarcar, no futuro para uma posição mais neutra no mundo, e que os demais países ainda “indecisos” lhe seguirão o exemplo. Evitará desse modo uma bipolarização do mundo, ou o colapso da EU, com países membros a tomarem posições opostas.

A nível Social, como sociedade vamos mudar muito, a pandemia, seguida de uma guerra, acompanhada, com uma instabilidade económica mundial.. Fez com que a nossa sociedade se alterasse, e se altere de forma profunda, o teletrabalho veio para ficar, o que tem vários benefícios para a população em geral, sobretudo a mais jovem.. Mas um sentimento de “desconfiança” instalou-se, não só pela dificuldade de confirmar a veracidade da informação, que obtemos, pois cada vez existem mais “fake news” e propaganda nos meios de comunicação tradicionais e não tradicionais, a verdade é cada vez sentimos a nossa “liberdade” ameaçada e condicionados no que dizemos ou pensamos, cada vez sentimos mais que os “tempos” estão a mudar, e quando olhamos para o futuro, vemos tempos incertos..

Opinião – Miguel Ribeiro – Eleito na Assembleia Municipal do Cartaxo pelo Partido Chega