Educação A Redação Maio 3, 2023 (Comments off) (292)

Politécnico de Santarém assina protocolo com multinacional Empowered Startups

A Empowered Startups, multinacional canadiana com escritório em Portugal, assinou um protocolo com o Instituto Politécnico de Santarém para a atração de investimento direto estrangeiro e de empreendedores internacionais para esta região.

Até hoje, e desde o início da sua atividade em Portugal, em 2019, a Empowered Startups já atraiu mais de 30 projetos de empreendedorismo para território nacional e injetou mais de 900 mil euros de investimento direto estrangeiro em investigação científica de universidades e politécnicos portugueses.

A Empowered Startups, através do Programa HQA Visa, tem como objetivo recrutar profissionais estrangeiros altamente qualificados, com experiência no empreendedorismo, para financiarem projetos de investigação em universidades e politécnicos, criarem novas start‑ups e comercializarem a inovação feita em Portugal. A multinacional ajuda estes empreendedores a investirem na ciência feita em universidades e politécnicos portugueses e a transformarem-na em produtos e serviços inovadores que são depois vendidos nos mercados internacionais.

Em fevereiro, a Empowered Startups entregou ao Governo uma Carta de Compromisso com o plano de recrutar, nos próximos três anos, 150 novos empreendedores e peritos para investirem em novos projetos em Portugal. A estimativa é que esta ação permita atrair mais de 10 milhões de euros de investimento.

Para atingir este objetivo, para além do Politécnico de Santarém, a Empowered Startups já estabeleceu parcerias com as universidades do Algarve, Aveiro, Beira Interior e Évora, e com os institutos politécnicos de Bragança, Guarda, Leiria e Portalegre.

“Com este programa, temos mostrado que conseguimos trazer investimento direto estrangeiro para universidades e politécnicos portugueses, apoiando a ciência de grande qualidade que se faz em Portugal. Os empreendedores com que trabalhamos estão interessados em criar novos produtos e serviços com os resultados desta investigação, e a nossa expectativa é que isso resulte na criação de novas empresas tecnológicas, com profissionais experientes e talentosos”, diz Chris Lennon, Presidente da Empowered Startups. “Trabalhamos fora dos grandes centros urbanos porque percebemos a importância de reforçar a ligação entre a ciência e a economia locais e de criar novas portunidades de emprego qualificado nestes territórios. Sabemos como isto é importante para o futuro do país”.

Sobre a Empowered Startups:

Fundada em 2009 em Vancouver, no Canadá, a Empowered Startups tem como missão ligar o trabalho feito em universidades com o mundo empresarial, ajudando investigadores e empreendedores a comercializar a inovação. Tem focado o seu trabalho em regiões mais remotas e territórios rurais para atrair talento e novas oportunidades de trabalho e de negócio para estes locais. Desde o ano de fundação, já apoiou mais de 450 start-ups em vários continentes.