Pré-Escolar abriu no Cartaxo com todas as obrigações de segurança

Publicado em 05 Jun 2020
Comment: Off

A Câmara Municipal do Cartaxo promoveu um conjunto de ações e medidas para garantir que no dia 1 de junho todos os estabelecimentos de ensino com ensino pré-escolar se encontravam preparados para receber, em segurança, as crianças e os funcionários.

Os espaços interiores e exteriores e os equipamentos foram higienizados, foi dado conhecimento das medidas obrigatórias e das recomendações das autoridades de saúde, foram entregues os equipamentos de proteção individual necessários, assim como, os materiais de higienização, dispensadores de gel desinfetante e materiais de limpeza, numa iniciativa da Câmara Municipal que contou com a colaboração das juntas de freguesia – que também entregaram materiais de proteção e higienização.

No dia 3 de junho, quarta-feira, tiveram início as visitas de acompanhamento e monitorização aos estabelecimentos de ensino que reabriram no Dia Mundial da Criança – o Serviço Municipal de Proteção Civil e a autoridade local de saúde, vão visitar todos os jardins de infância.

Nas primeiras três visitas “foi confirmado que todas as trabalhadoras estão a usar máscaras e que os equipamentos que a Câmara Municipal forneceu antecipadamente são os necessários”, explicou o Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro – “nestas visitas é avaliado o cumprimento das normas e recomendações das autoridades de saúde, são entregues equipamentos e materiais suplementares, para que em momento algum, possam estar em falta”.

Estas visitas de trabalho serão efetuadas com a regularidade que se entenda necessário – nesta primeira ronda pelo ensino pré-escolar, serão ainda visitados os estabelecimentos de ensino de Vale da Pinta e da Lapa, assim como o Jardim de Infância do Cartaxo, ainda que este não seja competência da autarquia.

O autarca destacou a importância para as crianças e para as famílias, da reabertura do pré-escolar, destacando que “o receio de algumas famílias é um receio legítimo, num tempo de enorme incerteza para pais e educadores”, pelo que a Câmara Municipal tudo fará para “garantir quer a proteção das crianças, quer a proteção de quem trabalha no pré-escolar ou em qualquer outro nível de ensino”, assegurando – “ainda que outros níveis de ensino não sejam competência direta da Câmara Municipal, o Serviço Municipal de Proteção Civil acompanhou de perto a sua reabertura e a nossa disponibilidade para dar apoio sempre que necessário, é total”.

O autarca destacou a importância para as crianças e para as famílias, da reabertura do pré-escolar, destacando que “o receio de algumas famílias é um receio legítimo, num tempo de enorme incerteza para pais e educadores”, pelo que a Câmara Municipal tudo fará para “garantir quer a proteção das crianças, quer a proteção de quem trabalha no pré-escolar ou em qualquer outro nível de ensino”, assegurando – “ainda que outros níveis de ensino não sejam competência direta da Câmara Municipal, o Serviço Municipal de Proteção Civil acompanhou de perto a sua reabertura e a nossa disponibilidade para dar apoio sempre que necessário, é total”.

Noticias relacionadas