Atualidade Sociedade Ana Mesquita Agosto 22, 2022 (Comments off) (240)

PSP com programa pioneiro de localização de adultos

O programa Estou Aqui! Adultos (EAA) constitui uma iniciativa exclusiva e pioneira da Polícia de Segurança Pública (PSP), iniciada em 2015 em parceria com a Altice Portugal.

Este programa tem como principal objetivo agilizar o trabalho de sinalização de uma pessoa adulta momentaneamente desorientada (inconsciente ou com perturbação da referência espácio-temporal) e promover o seu rápido retorno à família.

Desde 2015, a PSP já registou 11.270 adesões a este programa e, atualmente, registamos 3.450 pulseiras ativas a nível nacional, i.e., há 3.450 pessoas que se encontram abrangidas a nível nacional por este programa de reforço de segurança individual.

Se, em 2019, registamos 24 ocorrências solucionadas pela PSP com recurso a esta ferramenta, em 2020, registamos 14, em 2021, 10 e, no presente ano e até esta data, 11 ocorrências.

As pessoas envolvidas nas ocorrências registadas este ano e apoiadas no âmbito deste programa da PSP, têm idades entre os 38 e os 93 anos de idade, de ambos o sexos. Se, algumas sofrem de patologias que potenciam  perturbações da referência espácio-temporal, outras, necessitaram de apoio por terem desmaiado repentinamente ou terem entrado em pânico ou em estado de choque por se terem visto envolvidas ou testemunhado repentinamente situações violentas (p.e. uma pessoa que testemunhou um atropelamento e entrou em pânico).

A adesão ao programa é realizada pelo sítio do EAA, em https://estouaquiadultos.mai.gov.pt não implica qualquer custo.

Após aderirem ao EAA, os requerentes deslocam-se à esquadra da PSP escolhida aquando do pedido e levantam a(s) pulseira(s). A plataforma é gerida exclusivamente pela PSP e os dados pessoais são utilizados exclusivamente no contexto do programa.

As pulseiras possuem um código alfanumérico, único, sem qualquer relação com dados pessoais. São válidas em todo o território nacional, durante 2 anos, e podem ser solicitadas tanto para pessoas residentes em Portugal como não residentes (p.e., estrangeiros que se encontrem de férias).

Qualquer adulto que encontre a pessoa desorientada somente necessita contactar o n.º de emergência nacional (112) e comunicar onde se encontra e qual o código da pulseira EAA utilizado pela pessoa encontrada. A PSP assegura o contacto com a família e o subsequente reencontro.

Em caso de perda ou deterioração da pulseira ou se o código alfanumérico se tornar ilegível, os pais ou tutores podem solicitar a sua substituição no sítio oficial do programa.

A adesão das famílias a este programa da PSP e o uso da pulseira pelas pessoas aderentes tem permitido rapidamente resolver ao longo dos anos diversas ocorrências que, de outra forma, demorariam mais tempo a solucionar, em face da natural desorientação e dificuldade em disponibilizar informação aos Polícias que permita o contacto com as famílias.

Informação adicional disponível em https://estouaquiadultos.mai.gov.pt.