Pulseira electrónica para mulher detida por violência doméstica

(Publicado em: 6 Junho, 2020)

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, na passada Quarta-Feira, dia 27 de maio, uma mulher de 39 anos, em Samora Correia, pelo crime de violência doméstica contra os progenitores.

No âmbito da investigação foi possível apurar que a suspeita infligia violência física e psicológica sobre a mãe, de 74 anos, e psicológica sobre o pai de 75 anos. Acresce que a mãe, neste último mês, encontrava-se acamada.

A suspeita foi presente, no dia  27 de maio, ao Tribunal Judicial de Santarém, onde foi aplicada medida de coacção de proibição de contacto com as vítimas, monitorizada através de pulseira electrónica.