Quase meio milhar de pessoas aderiu às caminhadas

O projeto tem como principais objetivos dar a conhecer aos munícipes e aos visitantes de outros concelhos o património natural e cultural dos locais onde são desenvolvidos os percursos. Os caminhos locais permitem, ao mesmo tempo, a integração da riqueza natural e cultural na prática de atividade física regular.

Para Helena Neves, vereadora com o pelouro do Desporto na autarquia de Salvaterra de Magos, a adesão superou as expetativas. “ Foram centenas de participantes, de todas as idades, que ao longo do ano se inscreveram e participaram nas diversas caminhadas que promovemos, o que muito nos satisfaz, pois consideramos que este é um grande contributo para a promoção de hábitos e estilos de vida saudáveis da nossa população”, refere.

Ao longo de 2016, o Magos Natureza passou por Salvaterra de Magos, Muge, Glória do Ribatejo, Granho, Marinhais e Foros de Salvaterra, assinalando efemérides e datas importantes com a Rota da Liberdade, Rota da Primavera, Rota do Verão, Rota do Outono, Rota do Coração e Rota de São Martinho.

Segundo a vereadora, “os locais foram escolhidos por forma a dar a conhecer diferentes percursos pedestres em todas as freguesias do concelho, sempre com o intuito de desafiar os participantes a adotar a caminhada como prática regular, promover o bem-estar físico e descobrir as melhores paisagens e recantos do nosso concelho”.

No próximo ano, o projeto Magos Natureza regressa novamente com várias novidades.

“Em 2017 pretendemos continuar a proporcionar o prazer de desfrutar das riquezas naturais e culturais do concelho com a prática de exercício físico explorando novos percursos e introduzindo algumas novidades, por forma a tentar captar novos participantes e proporcionar momentos ainda mais agradáveis aos que habitualmente já participam nas nossas caminhadas”, concluiu Helena Neves.

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*