Atualidade Saúde Ana Mesquita Dezembro 29, 2021 (Comments off) (216)

Quase totalidade dos novos casos COVID do Médio Tejo são da variante Ómicron

O Centro Hospitalar Médio Tejo (CHMT), a primeira instituição do SNS com a deteção da variante Ómicron, conclui que esta variante é responsável pela quase totalidade dos novos casos COVID-19 da região do Médio Tejo.

Entre 26 e 27 de dezembro, a variante Ómicron já representava 92,3 por cento dos casos analisados pelo Laboratório do Serviço de Patologia Clínica do CHMT. De acordo com o levantamento de dados efetuado pelo CHMT, a variante Ómicron tornou-se a predominante na região do Médio Tejo a partir de dia 20 de dezembro, quando ultrapassou os casos da variante Delta.

Da análise do CHMT sobre os casos positivos à COVID-19 da região do Médio-Tejo, uma maioria dos contágios (60 por cento) ocorre nos menores de 40 anos. Uma fatia 14 por cento dos casos ocorreu em utentes com idade superior a 60 anos e há apenas 2,9 por cento de casos positivos na faixa etária superior aos 80 anos.