Sextas de Cinema no Centro Cultural do Cartaxo

O Centro Cultural do Cartaxo (CCC) continua a fazer das noites de sexta-feira, noites de muito bom cinema. A partir das 21h30, a tela ilumina o escuro da sala. Seja documentário ou ficção, há em cada um dos filmes que o CCC escolheu para si neste princípio de outono, muitos mundos – o mundo que acontece lá fora, nas ruas de outras cidades, nos palcos e nos bastidores de concertos ou nesta europa e na europa de outros séculos.  Aceite o desafio – ocupe o seu lugar e deixe-se levar por personagens que o vão inspirar, indignar ou questionar, mas nunca deixar indiferente. Vá ao cinema.

02 Outubro

ZÉ PEDRO ROCK’N’ROLL

De Diogo Varela Silva

Documentário | 110 min. | 2019 | M/12

Zé Pedro, o lendário guitarrista de Xutos e Pontapés, é para muitos a maior figura do rock ‘n’ roll português. Foi o grande impulsionador do género musical em Portugal, não só enquanto guitarrista fundador de uma das mais aclamadas bandas nacionais de sempre, mas também através da divulgação do rock nos papéis de crítico de música, de radialista e de dono do Johnny Guitar, mítico clube lisboeta e sala de concertos, onde tantas e tantas bandas deram os seus primeiros passos. Combinando imagens de arquivo pessoais e da banda com entrevistas a familiares e amigos próximos, o documentário Zé Pedro Rock ‘n’ Roll é simultaneamente uma justa homenagem e uma viagem íntima à vida e ao mundo de um dos mais carismáticos músicos em Portugal, que faleceu em 2017.

Prémio do público no festival de cinema Doclisboa 2019

Prémio de mérito em documentário de longa-metragem nos Accolade Global Filmes Competition, na Califórnia 2019

9 outubro

O PARAÍSO, PROVAVELMENTE

De Elia Suleiman

Drama | 102 min. | 2019 | M/12

Elia Suleiman deixa a Palestina à procura de uma nova pátria. Mas a busca por uma nova vida torna-se numa comédia de enganos: quanto mais se afasta da Palestina, passando por Paris ou Nova Iorque, mais os novos lugares lhe fazem lembrar o seu país natal. Um conto burlesco que explora a identidade, a nacionalidade e a pertença, no qual Suleiman coloca uma questão fundamental: onde nos podemos sentir “em casa”?

Festival de Cannes – Prémio da Crítica internacional (FIPRESCI)

16 outubro

O NOSSO TEMPO

De Carlos Reygadas

Drama . Romance | 177 min. | 2018 | M/14

Uma família mexicana vive no campo, criando toiros. Esther é a encarregada da propriedade, enquanto o marido Juan, um poeta famoso, cria e seleciona os animais. Quando Esther se envolve com um dos rancheiros, Juan parece incapaz de atingir as suas próprias expectativas.

Festival de Veneza | Festival de Toronto | Festival de Havana – Melhor Realizador | Festival de São Paulo – Prémio da Crítica | Festival do Uruguai – Melhor Filme

23 outubro

ROUBAIX, MISERICÓRDIA

De Arnaud Desplechin

Drama | 119 min. | 2019 | M/14

Roubaix, uma noite de Natal. O comissário Daoud percorre a cidade que o viu crescer. Carros incendiados, altercações… Na esquadra, um novo elemento, Louis Coterelle, acaba de chegar. Daoud e Louis vão investigar a morte de uma idosa. Duas jovens mulheres, Claude e Marie, são interrogadas. Pobres, alcoólicas, amantes.

Festival de Cannes

César – Melhor Actor

30 outubro

A TROCA DAS PRINCESAS

De Marc Dugain

Drama | 101 min. | 2017 | M/12

Em 1721, o Regente de França, numa tentativa de selar a paz com Espanha, oferece ao Rei espanhol um casamento entre os respetivos herdeiros: Luís XV, de 11 anos, e Mariana Victoria, a infanta espanhola de 4 anos. O Regente propõe também a sua filha, Mademoiselle de Montpensier, de 12 anos, ao Príncipe das Astúrias e herdeiro do trono, de 14 anos. A troca das princesas realiza-se numa pequena ilha, entre os dois países. Mas nada corre como planeado.

BILHETES | 3 EUROS

INFO | ccultural@cm-cartaxo.pt | 243 701 600

[4.ª e 5.ª das 15h00 às 20h00, 6.ª e sábado das 15h00 às 22h00.

Consulte o Plano de Contingência do Centro Cultural do Cartaxo no âmbito da pandemia da doença Covid-19

https://bit.ly/309gOJR

Noticias relacionadas

Deixe um Comentario

*