Opinião – Mário Reis

25 de novembro é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres! É um assunto demasiadamente grave para nos distrairmos da realidade: Apenas em 15 anos foram assassinadas mais de 500 mulheres e mais de mil crianças e jovens ficaram órfãos. Todos os anos são...

Opinião Mário Reis – Saúde… Mental

Ou “Se não morremos da cura, morremos da doença!” A história da doença provocada pelo novo coronavírus, SARS-COV-2, a que a Organização Mundial de Saúde atribuiu o nome de Covid-19, vai ficar muito mais marcada nos nossos organismos do que a infeção respiratória grave que pode...
off

Cada Cavadela, Cada Minhoca

Numa semana marcada pela guerra da contagem dos votos nos Estados (des)Unidos da América, o Governo português alarga a todo o território nacional o estado de calamidade, face ao agravamento da evolução da pandemia. Se do outro lado do oceano as urnas foram favoráveis a um homem...

Opinião – Mário Reis – Não morremos da doença, enlouquece-nos a Cura

Face à situação epidemiológica que se verifica no país, com mais de 240 casos por 100 mil habitantes, o Governo determinou alargar a 121 concelhos, onde o risco de contágio é mais elevado – o Cartaxo incluído – especiais medidas de restrição, só em síntese:...
off

Opinião: A peça que estreou no Centro Cultural do Cartaxo

DO FAKE AO ORÇAMENTO DE ESTADO A peça que estreou no Centro Cultural do Cartaxo, «Fake», representa, se assim se pode dizer, três momentos diferentes: um drama doméstico, a vida ficcionada de uma escritora que relata aquele drama doméstico numa obra de grande sucesso, ao que tudo...

Opinião: Mário Reis – Do Fake ao Orçamento de Estado

Fomos assistir à peça produzida pela Formiga Atómica e que estreou no Centro Cultural do Cartaxo, no âmbito do projeto «Rede Eunice Ageas», para a difusão de produções do Teatro Nacional D. Maria II: «Fake». Gostei!… e o espetáculo provocou em mim aquilo por que gosto tanto de...

Opinião: Mário Reis – Direitos de Passagem

Vamos, primeiro, tentar explicar este tema: todas as empresas que usufruem de espaço dos municípios para fazerem passar os seus cabos elétricos ou implantar os seus equipamentos e sistemas, são obrigadas ao pagamento de uma taxa denominada Taxa Municipal de Direitos de Passagem...
off

Opinião: Mário Reis – Vamos a Votos

Se perguntássemos ao mais comum cidadão se sabe que no próximo dia 13 há eleições, ouviríamos de muita gente uma resposta negativa: no meu círculo profissional e junto de alguns amigos, foi o que ouvi. Trata-se pois de «eleições indiretas», quer dizer, o Povo elegeu os membros...
off

Opinião: Mário Reis – Freguesias

A questão das Uniões de Freguesias continua na ordem do dia das forças políticas que entendem que o destino dos territórios deve ser decisão das suas populações. Ocultar o processo, continua na ordem do dia das forças políticas que pretendem impor às populações um destino sobre o...

Opinião: Mário Reis – De Eira, Frigideira… A Espaço de Jogo

A construção do estacionamento subterrâneo, que levou ao abatimento de árvores que alguns avós de muita gente viram plantar e que descaraterizou o centro da cidade, tem sido, naturalmente, objeto de muitas críticas e pertence ao anedotário cartaxeiro como a “eira”, a “frigideira”...
off

Opinião: Mário Reis – “Fora de Mão” Rua Luís Camões Cartaxo

Há muito que, entre o receio e o «não-sei-que-lhe-diga», que me tem feito alguma confusão o estacionamento “fora de mão” na rua Luís de Camões. Tanto quanto me informaram as autoridades, não tem havido grande número de acidentes, pelo menos que provoquem danos significativos ou...
off

Opinião Mário Reis – O Planeta não nos merece (?)

Andei por aí, escolhi o centro montanhoso do país para “lavar a cabeça” e pôr umas quantas contas em ordem: umas caminhadas junto de rios, umas terras antigas, uns costumes ancestrais e, o melhor, uns Amigos. Por toda a parte cicatrizes negras deixadas pelos fogos de há anos, e...
off

OPINIÃO: MÁRIO REIS – A MEMÓRIA

Nas duas décadas em que venho acompanhando mais proximamente a atividade autárquica, constato que a preservação da memória do Concelho tem sido utilizada por todas as forças políticas como promessa eleitoral, sob a forma de um «Arquivo Municipal». Parece que este é um assunto de...
off

Opinião: Mário Reis – NÃO PASSOU NA INSPEÇÃO…

Há uns dias, aí pelo Facebook ou outra rede qualquer, tivemos a notícia do encerramento da rua do Quintino para obras. Exultámos de alegria, finalmente! Não voltaríamos a ver as portas envidraçadas do Centro Cultural todas sujas, malgrado as diligências das funcionárias, não...
off

Opinião: INFELIZMENTE, NÃO FICAMOS TODOS BEM… Más notícias: A FLEXIMOL VAI ENCERRAR!

Em bom abono da verdade, foi declarada insolvente pelo Tribunal. No próximo dia nove de setembro, realizar-se-á uma Assembleia de Credores e podem decidir celebrar um acordo para a empresa continuar a funcionar…
off

Opinião: Mário Reis – Como vamos ficar de Vinhos?

Na semana passada terminei a minha reflexão, publicada neste «lugar», com uma pergunta: Com os toneis, pipas e armazéns cheios. Com uma vindima à porta… que soluções? Escrevia sobre o setor vitivinícola, porque tinha saído muito apreensivo de uma “Audição Pública” promovida pelo...
off

Opinião: Mário Reis – Como estamos de Vinhos?

O setor vitivinícola, não é propriamente a área onde estou mais à vontade, por duas razões: não gosto de bebidas alcoólicas (como não gosto de sushi, nem de couve flor) e, para além do que vou lendo na comunicação social
off

Opinião: Diz o provérbio que o copo está meio cheio ou meio vazio, conforme o ponto de vista.

Ora vejamos: deu motivo de grandes parangonas em toda a comunicação social local, o facto de a Câmara do Cartaxo ter reduzido o «passivo em mais de dois milhões de euros em 2019» (sic).
off

A Conversa nas Redes Sociais sobre a Limpeza do Espaço Público no Cartaxo

Sem poder retornar a essa «conversa», por falta de domínio das redes, ditas, “sociais”, acompanhei há uns dias uma troca de opiniões, por sinal muito educada e sem qualquer exaltação, contrariando o que normalmente oiço.
off

Opinião: Mário Reis-Irresponsáveis! Idiotas! Egoístas!

Estão fartos de estarem fechados? Fartos de não irem passear? Fartos de andarem de máscara? Fartos de não estarem com as pessoas de quem gostam?
off

Opinião: praça de touros (assim mesmo: Mercado Municipal com letra maiúscula

Pelas constatações, se dúvidas havia, cai por terra desamparado o argumento de que não havia ali espaço para os feirantes do mercado semanal como estes exigiam, apoiados em grande maioria pelos vendedores da Praça e lojas das redondezas.
off

Espaço de Opinião – Mário Reis – “O PAI TIRANO”

O Governo da Nação é o pior exemplo de PAI que se pode utilizar nos anais da educação parental: perante uma grave necessidade dos seus FILHOS, reforça-lhes a semanada.
off

Espaço de Opinião – Quinta-feira com Mário Reis, Professor do 1ºciclo

AFETADOS, ESTAMOS TODOS! Pertenço ao grupo de privilegiados que, face à epidemia Covid-19, sofreu apenas os efeitos da ausência: ausência de convívio, ausência de contacto, ausência
off

Cesta d’Artes no Fórum Actor Mário Viegas

Esta sexta-feira, 23 de Março, pelas 21h30, por iniciativa do Centro Cultural Regional de Santarém, vai realizar-se mais uma “Cesta d’Artes”, no Fórum Actor Mário Viegas, com o Coro do Círculo Cultural Scalabitano
off

Crédito Agrícola patrocina Mário Patrão no Dakar 2018

O piloto português estará aos comandos de uma das sete motos 450 Rally que a KTM preparou para esta 40ª edição, que termina a 20 de Janeiro, em Córdoba, na Argentina

Mário Silva é o candidato à J.F. de Pontével

Aprovado por unanimidade e aclamação. Mário Silva é o candidato à Junta de Freguesia de Pontével, pelo Partido Socialista, nas próximas eleições autárquicas.

Exposição “Mário Cesariny, um desmesurado desejo de amizade”

O Museu Municipal Carlos Reis e a galeria Neupergama apresentam, de 8 de abril a 11 de junho, a exposição de fotografia e pintura "Mário Cesariny, um desmesurado desejo de amizade".

Mário Soares

Lutou como poucos contra a ditadura, foi preso, casou na prisão, teve de deixar o país. Regressou depois do 25 de Abril para ser um pouco de tudo na política.