Uma coisa é bater palmas à varanda, outra é pretender uma iniciativa legislativa

Publicado em 10 Jul 2020
Comment: Off

Os partidos que constituem a Coligação Democrática Unitária – CDU, são reconhecidamente, partidos políticos de estratégia nacional, o que tem «tirado do sério», alguns membros da Assembleia Municipal do Cartaxo, refiro-me aos afetos à maioria (PS).

Isto, claro, quando as moções que ali apresentamos estão imbuídas dessas caraterísticas.

O concelho do Cartaxo não é uma ilha, nem legislativa, nem geográfica, e a pretensão de ampliar a voz das necessidades do povo português não se pode confinar a um território de 150 km2…

Aconteceu na última Assembleia Municipal: uma moção da CDU, sobre o Serviço Nacional de Saúde, mereceu um tom exaltado de crítica da bancada do PS, por «vir do partido».

Claro que tem de «vir do partido».

De onde tinha de vir, do café da esquina? Não!

Tinha de vir do PS? Não!… Não se lembraram! E isso é que foi uma chatice.

Uma coisa é bater palmas à varanda, outra é pretender uma iniciativa legislativa que melhore o Serviço Nacional de Saúde, que reconheça os seus protagonistas, que traga benefícios a todo o povo português.

Na CDU trabalhamos assim: temos organizações centrais, temos organizações descentralizadas, temos a voz dos independentes e temos a sede da rua Batalhoz.

E a Coligação é o resultado de todo este circuito…

E, voltando à saúde, não podemos exigir a melhoria do SNS do Cartaxo, sem nos lembrarmos de Freixo de Espada à Cinta. E se o SNS de Vila Real de Santo António for beneficiado, sairá beneficiado o SNS do Cartaxo: a isto chama-se PAÍS!

E estratégia nacional!

Não vou encher esta crónica com as propostas da CDU para o SNS, aliás, a sua justiça, acutilância e atualidade mereceu a intervenção emotiva de uma enfermeira com acento na bancada do PS, esposa de um médico, que entre outras coisas, disse que «falta tudo» na saúde! Que «o SNS precisa de ajuda»!

O que certamente terá feito corar os quatro elementos da Assembleia Municipal que se abstiveram e os sete que votaram contra, todos do Partido Socialista!

Foi aplaudida no final da sua intervenção! Claro.

Não sei o que fizeram aqueles onze… que até estarão contra, ou abstêm-se… «da reabertura com caráter de urgência das Extensões de Saúde de Vale da Pedra e Valada», o último ponto (nacional?) da recomendação da CDU!

Nem me interessa.

Bem hajam!

Opinião: Mário Reis:  

Professor do 1º ciclo no Agrupamento D. Sancho I, Pontével

Membro da Assembleia Municipal do Cartaxo

Dirigente associativo dedicado ao teatro

Noticias relacionadas